Descomplico

 
Apresento  minha honesta mente
Quieto edifico todo  meu simples
Desagrado o tempo, é decorrente
Vivendo diferente e sempre livre
Escrevendo histórias do  passado
Do que senti, que temi e do medo
Prolongo o  gesto quase apagado
O ato me trará pequenos sentidos

Silenciando os passos que não vivi
Negando abraços que não aprendi
Citando o oposto que não me atrai
Escondendo dúvida que se desfaz

Me descomplico para cada palavra
Simplifico quando quero quase nada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s