Brilho

Os olhos não previram
Apenas os detalhes me serviram
Conheci um universo
Era cheio de si e de versos

O que vale cada linha
Se não posso trazer para perto
Deixo a tinta do que tinha
Deixo brilho que não era certo

E se algo desse universo brilhar
Volto para observar.

Um comentário sobre “Brilho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s