Confuso!

Nem dos astros que vagam 
pelos espaços que sobram
olhares que apenas induzem
repasses que não acontecem

Busca por um corpo celeste
que se perde e te conforte
não se importa com repouso
distante, louco e confuso

Mergulha em oceano errado
suja-o, com seu afeto ferrado
aguardando tudo se inundar
para o corpo celeste se entregar









Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s